Modelos de Currículos Prontos para Copiar, Preencher e Download

A capa de um livro não deve servir como julgamento para o conteúdo do mesmo, mas causa uma primeira impressão. É assim que um currículo é encarado no mercado de trabalho, o selecionador vai avaliá-lo e chegar à uma conclusão, podendo te convocar ou não para o próximo passo. É por isso que devemos caprichar ao máximo na elaboração do mesmo, estudar cada item que vamos ou não colocar e estarmos sempre atualizados em relação às mudanças no padrão, estilo e tamanho de fontes à serem utilizadas, dentre outros. Estudos dizem que muitas vezes um candidato é desclassificado logo de cara só pela má estruturação da folha; ele pode achar que não foi convocado por não ter experiência ou estudo suficiente, mas o único motivo é que o documento estava mal feito. Acredito que desses fatores você já sabia, pois muito se fala sobre o assunto nas escolas, faculdades, palestras, além de matérias e reportagens que são exibidas o tempo todo, tanto na televisão quanto em revistas.

Em segundo lugar, se quiser utilizar currículos prontos, saiba escolher os bons, existem muitas opções grátis na internet, mas muitas delas são ultrapassadas ou feitas por pessoas despreparadas. Obviamente aqui colocarei apenas os melhores, os que realmente aconselho você à utilizar, mas caso não goste dos que indicarei, ao sair à procura de outros estilos, não se esqueça de verificar se o mesmo se encaixa nos requisitos que estou citando nesse artigo. Além de experiência, vivo me atualizando; caso não saiba, novas técnicas para a montagem sempre estão surgindo, é preciso conhecê-las caso queira se inserir no mercado sem ficar para trás.

Entrevista com dois selecionadores

Vamos lá, o melhor programa para a criação é o Microsoft Word, uma ferramente pertencente ao Office, da Microsoft. É muito conhecido e na maioria das vezes acompanha o computador, no ato da compra. Se for digitar do zero, escolha a fonte Arial, é a padrão. Quanto ao tamanho, se sua ficha contiver muita informação, pode utilizar o tamanho 11, se tiver pouca, coloque 14. Mantenha essa média, evite utilizar números menores ou maiores dos que citei. Comece o documento com o seu nome completo, não escreve “Curriculum Vitae” no topo. Para o seu nome, coloque a fonte em negrito e o tamanho um pouco maior que as demais linhas. Para todos os títulos coloque negrito também, tais como os que listei logo abaixo.

Itens que seu Curriculo deve ter:

  • Objetivo Profissional: Coloque apenas se tiver alguma área de interesse específica.
  • Formação Escolar: Cite o curso, escola e ano de conclusão (ou quando irá terminar).
  • Cursos Extracurriculares: Aqui coloque apenas os complementares, aqueles que não formam uma profissão. Ex: Digitação, Primeiros Socorros, Informática, Excel Avançado.
  • Cursos Profissionalizantes: Agora sim, cite os que lhe permitem exercer um cargo profissional, como cursos técnicos. Algumas pessoas preferem colocar estes no mesmo tópico que a “Formação Escolar”, fica à seu critério.
  • Experiência Profissional: Mencione todos os lugares que você já trabalhou antes, acompanhado das funções realizadas, tempo que permaneceu na empresa e cargo exercido. Se possui muitos registros na carteira, liste apenas os últimos 3.
  • Idiomas: O próprio nome já diz. Diga também o seu nível, caso julgue necessário coloque o desempenho em Escrita, Fala e Leitura. Se fala apenas o português pule esta etapa.
  • Conhecimentos em Informática: Mesmo que já tenha feito um curso na área e tenha citado nos tópicos anteriores, especifique aqui o que exatamente você sabe fazer, os softwares que domina, etc.

Basta copiar os títulos acima e substituir as descrições pelos seus dados. Uma prática que antigamente era muito comum e hoje não mais, é colocar o seu nome, data e assinatura no rodapé do currículo. Se costuma a fazer isso, esqueça. Frases de motivação, trechos de “aptidões pessoais” copiados da internet também não são bem-vindos, só atrapalham. Muitas pessoas mesmo depois de ler essas dicas de atualização não dão a mínima, continuam utilizando métodos anti-profissionais e acabam não conseguindo o resultado esperado na hora de se candidatar.

Somente os que se diferenciam conseguem um espaço no mercado

Foto no currículo é um assunto polêmico. Muitos dizem que é bom colocar, já outros discordam. Há apenas uma regra: Só coloque quando for requisitado pela vaga. Quando vemos um anúncio de vaga, se uma foto for necessária, estará escrito neste anúncio, acredite. Normalmente empregos para vendedores, atendentes ou algo do tipo pedem, somente nestes casos deve-se colocar. Anexe, não imprima junto à folha; pegue uma 3×4 e prenda com um clips junto ao papel, só isso basta.

Uma boa sugestão é pegar os modelos do próprio Word, todas as versões oferecem documentos pré-elaborados, basta abrí-los e preencher com suas informações. Já poupa um bom tempo de pesquisa para os que não têm tempo. Esses modelos costumam vir cheios de opções, muitas vezes não possuímos tudo o que está escrito lá, neste caso é só apagar aquilo que não interessa. Um que tenho aqui, por exemplo, tem o título “Viagens ao exterior”. Como nunca fiz intercâmbio, simplesmente desconsiderei essa linha, apaguei e pronto.

Trabalhos Voluntários também são muito comuns, aconselho totalmente colocar, caso você já tenha feito algum, é claro. Independente da área, seja para cuidar de crianças, ensinar informática (foi o meu caso), enfim. As empresas levam muito em consideração esse tipo de experiência e já encontrei essa opção para ser preenchida em diversas fichas de emprego, tanto em agências quanto nas próprias firmas. Caso tenha tempo de sobra, recomenda que faça algum, além de tudo você estará ajudando o próximo.

Imagens de Currículos Prontos para todos os Perfis:

Para concluir, deixo abaixo um vídeo de uma matéria feita por um jornal da emissora Globo, onde os repórteres falam bastante sobre a importância desse cartão de visitas e conseguem uma entrevista com um consultor de RH, que dá dicas para quem quer montar o seu.

Compartilhar:
Publicado por
Deixe sua opinião:
Mensagem

Copyright 2010/2012 - Todos os direitos reservados.